Enquanto para Jericó O bom Jesus passava, Um cego, filho de Jacó, Sem se cansar clamava: Refrão: "Jesus, ó Filho de Davi. Tem compaixão de mim, Senhor!" "Jesus, ó Filho de Devi, Atende ao meu clamor!" A multidão vendo-o clamar,